Páginas

quarta-feira, 9 de junho de 2010

QUATRO ANOS SEM TE VER, MARCELA!!!



Hoje, minha filha, com quatro anos de sua partida, não quero falar de dores, de lágrimas, de desilusão, de solidão, de angústia ou tristeza. Viver sem você dói, dói muito, mas hoje, quero recordar as homenagens passadas e falar-lhe de amor.
Em 9/6/2007, fiz uma poesia expressando que você sempre foi a Alma gêmea de minha Alma. Viver sem alguém com quem tivemos tamanha afinidade é perder alguém de quem já conhecíamos as reações, as preferências, a alma...
Em 9/6/2008, foi uma carta falando da imensa saudade que você deixou e do vazio de não te encontrar. E que apesar desta lacuna, a morte não existe. Nada muda por estar fora do alcance da visão. Porque sei que você está aí, em algum lugar do Plano Espiritual!
Em 9/6/2009, foram palavras para expressar que ter sido escolhida por Deus para ser sua mãe, foi o meu maior privilégio e merecimento, pois você representou a parte mais linda de minha história. Você foi tudo de melhor que Deus pôde me proporcionar. Fui a mãe mais feliz do mundo, pois tive a filha mais maravilhosa do mundo.
E agora, em 9/6/2010, com quatro anos de sua viagem, só quero falar de amor, do amor que nos envolveu por 22 anos e 10 meses, puro, verdadeiro, autêntico, incondicional, pleno... O amor nos possibilitou enxergar lugares do nosso coração, os quais sozinhas, jamais poderíamos enxergar. O amor que me fez ser mãe.
Você mudou a minha vida e me tornou uma pessoa melhor. Você só me deu alegria e sempre me senti orgulhosa de ser sua mãe. Minha princesa linda, meiga, inteligente, carinhosa, alegre, companheira, responsável, sempre tentando unir, apaziguar e nunca dissociar nada. Eu lhe agradeço do fundo do meu coração por ter sido a minha filha, pois você foi a pessoa que mais contribuiu para o meu crescimento individual. Com você, pude saber o que é amar de verdade – aquele amor, que de tão grande, nos invade e nos torna completamente felizes. Felizes e saciados, como se mais nada existisse à nossa volta. Com você, pude enxergar Deus em cada demonstração de amor, de alegria e de felicidade.
Todos os dias, ao acordar e ao dormir, peço a Deus força e luz para prosseguir minha jornada, para acreditar que tudo tem um propósito e que eu posso carregar esta cruz.
Neste dia, minha filha, receba flores e que elas lhe levem o viço de sua nova vida... a nova vida no Plano Espiritual. Que elas lhe levem o meu amor e a minha saudade, e que o perfume delas exalado, te lembre sempre que estamos juntas e unidas pelo pensamento. Amor que é amor dura a vida inteira. O amor resiste à distância e ao silêncio das separações.
O mais importante não é a chegada, e sim o caminho. Da mesma maneira, não é tão importante o resultado, mas sim o processo.
Você foi um Anjo que Deus me mandou e que se vestiu de Marcela para me tornar mãe e me falar de amor.

Querido Deus, ajude minha filha a brilhar nos lugares mais obscuros, onde o amor é imperceptível. Proteja-a o tempo todo e erga-a quando ela mais precisar de ti, fazendo-a saber que caminhando contigo, Ela estará sempre segura.
Eu te amo, Marcela. Eternamente.

Mamãe

A foto de Marcela neste post foi um presente da amiga Rejane do blog http://rejane-enajer.blogspot.com/, a quem, mais uma vez, agradeço de coração.

37 comentários:

Um dia de cada vez... disse...

Que lindo texto, Maria José, e toda vez que fala da sua filha, eu choro. Sou mãe e sinto sua dor. Que lindo o amor que sentes, mãe sempre pede proteção e é o que vc pede no final, que Deus cuide de sua filha.
um grande abraço amiga

Adriana

Elaine Barnes disse...

Creio que essa é a maior dor da vida,o resto vira fichinha. Nem tenho palavras pra admirar seu texto tenho algumas blogueiras aqui que perderam também suas filhas e choro porque é uma lacuna gigante e a vida tem que continuar mesmo assim. Peço a Deus que deixe brilhar essa estrela aonde quer que esteja e conforte sempre seu coração amiga. Essa saudades boa de alguém que te fez tão feliz e hoje está no plano espiritual te dando força. Montão de bjs e abraços

Pelos caminhos da vida. disse...

Chorei ao ler seu post, sem palavras, me desculpe amiga.

Fique com Deus.

Apresenta ele disse...

Para-frase-Ando; Para aqui me parar por breves segundo, a qual me fazem admitir que nem mesmo precisei tudo ler, mas sim sentir. Sobre as poucas palavras pela qual meus olhos viram... Não que seja uma dor, mas que seja somente o sentir por aquilo que não se foi, mas de longe está para que não esteja perdido. È como se os olhos quisissem ver, mas somente poder sentir, as lágrimas teimam em escorrer, são só orvalhos de saudades, aos quais nos fazem viver. Antes de qualquer coisa lembre-se; Fale assim do amor, para que sempre o amor lhe encontre, surrado como uma voz que transborda no vento, seus arrepios não serão seus medos, e sim seus sentires por aquilo que lhe trará somente coisas boas. Sua filha, está sorrindo querendo que não mais pense que o mundo é ruim, mas que sempre faça algo que bom para este mundo que as vezes não quer lhe deixar ir avante. Mas aqui não há mais nada que não lhe possa fazer sorrir, e se chorar vai ver o quanto tuas lágrimas são de carinho e amo.
Um beijo com carinho, e que seus dias sejam iluminados por Deus, pois não acredito em anjos, mas sei que eles existem.

Bloguinho da Zizi disse...

A vida não passa de uma oportunidade de encontro; só depois da morte se dá a junção;
os corpos apenas têm o abraço,
as almas têm o enlace.
Victor Hugo

Misturação - Ana Karla disse...

Suas palavras emocionam.
O amor, o carinho, a identificação.
Presto aqui minha solidariedade e que você seja sempre assim, forte e compreensiva, aliviando cada vez mais.
Xeros!

Norma Villares disse...

Belo e sensível texto, Maria José.
Esta dor vai aliviando com o tempo, mas não sara nunca.
Isto mesmo amiga, estas saudades benfazeja remeta para a LUZ. Somente Deus pode aliviar.
Paz e bem!
Grande abraço

angela disse...

Amiga gostaria de deixar meu abraço quentinho e cheio de admiração e ternura.
Que Deus cuide das duas.
beijos

Mari disse...

Oi Maria José...

Tenho que confessar que demorei um pouco para terminar de ler o seu texto, chorei amiga, emocionado até a raiz dos cabelos, com a alma em soluços...tenho um filho com esta idade 22 anos e não foi difícil imaginar o tamando da sua saudade.
Tudo tem uma razão de ser, nós sabemos que o plano espiritual é perfeito e em sintonia com os desígnios do Pai...
Minha querida fique com meu carinho e meu abraço de luz e amos!
Um beijo enorme
Mari

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Maria José: É ISSO AÍ MENINA! gUARDAR SEMPRE NO CORAÇÃO E COM O MAIOR CARINHO, os nossos entes queridos. Contudo, sem baixar a sintonia, nos nos deixar levar por tristezas. Homenagear sempre com preces e pedir a ALTA ESPIRITUALIDADE, que ilumine e ampare sempre as caminahdas evolutivas. PARABENS! por expor tão forte sentimento. ÉS MSM UMA GRSANDE GUERREIRA. Receha o meu mais forte e afetuoso abraço. Roy Lacerda.

ValériaC disse...

Florzinha..lindíssima sua homenagem à Marcela, sua filha.
Você amiga, é um exemplo de perseverança, de força, para tantas mães que "perderam" também seus filhos ou para quem "perdeu" algum ente querido.
A parte dela por aqui se encerrou e ela prossegue no espiritual, mas, a sua ainda é aqui...e você tem a feito brilhantemente, com toda certeza, você não se fechou na sua dor...você se abriu para o mundo e para o Amor...te admiro demais!
O laço que as une é eterno...vocês estarão sempre unidas pelos laços do Amor verdadeiro.
Que Deus cuide dela, para que ela continue fazendo o seu melhor, nesta etapa de sua jornada e cuide de você, que está trilhando a estrada da vida com muito crescimento espiritual.

Um abraço cheio de ternura pra ti amiga!!!
Valéria

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Maria, posso tentar imaginar sua dor, pois quase perdi minha filha tres anos atrás, e a dor é indescritível.
Com certeza Marcela sente seu amor, sua saudade e de onde estiver lhe dá o retorno deste amor, dando-lhe forças para continuar.
Beijos!!!
Te admiro muito.

Lena disse...

Mary Jo, acordei me lembrando de você que prometeu postar algo pra Marcela hoje. Abri seu blog e li o texto lindo que você escreveu. Fiquei pensando, então, o que poderia escrever pra você neste comentário e me deparei com este poema:
"A morte não é tudo.
Não é o final.
Eu apenas passei para a sala seguinte.
Nada aconteceu.
Tudo permanece exatamente como foi.
Eu sou eu, você é você, e a antiga vida que vivemos tão maravilhosamente juntas permanece intocada, imutável.
O que quer que tenhamos sido uma para a outra, ainda somos.
Chame-me pelo antigo apelido familiar.
Fale de mim da maneira que sempre fez.
Não mude o tom.
Não use nenhum ar solene ou de dor.
Ria como sempre fizemos das piadas que desfrutamos juntos.
Brinque, sorria, pense em mim, reze por mim.
Deixe que o meu nome seja uma palavra comum em casa, como foi.
Faça com que seja falado sem esforço, sem fantasma ou sombra.
A vida continua a ter o significado que sempre teve.
Existe uma continuidade absoluta e inquebrável.
O que é esta morte senão um acidente desprezível?
Porque ficarei esquecido se estiver fora do alcance da visão?
Estou simplesmente à sua espera, como num intervalo, bem próximo, na outra esquina.
Está tudo bem!”
Beijo grande.

Cigana do Oriente disse...

Minha querida amiga, te conheci a pouco tempo, nunca nos falamos mas sei sentir as pessoas por vibrações.
Terminando de ler esse texto tive a certeza de que encontrei mais uma alma de Luz, que a cada dia vem semeando amor, bons sentimentos e esperança para tantas pessoas que necessitam.
Tenha em mim mais uma admiradora e saiba que sua filha está num excelente lugar e que cada vez que pensa nela com carinho e alegria uma chuva de flores perfumadas banha todo teu ser.
Que o perfume dessas flores possa sempre fazer com que sinta que tudo que tem feito vale a pena!
Beijos de Luz pra você!

Celina disse...

OI QUERIDA , MUITA PAZ, PALAVRAS VINDO DE UM CORAÇÃO DE MÃE , QUE NOS EMOCIONA, SÓ QUEM PERDEU UM FILHO SABE QUE DOR É ESSA,RESAREI POR VC QUERIDA É O PRESENTE QUE POSSO TE OFERTAR,ENQUANTO O ANJO ELA FOI FELIZ DE ENCONTRAR ALGUEM QUE A AMOU TANTO! E ESTÁ PASSANDO PARA ELA, ESTA SAUDADE, SOFRIDA MAIS CHEIA DE ESPERANÇA DO REENCONTRO. DEUS TE ABENÇÕE QUERIDA QUE ESTA ENERGIA SEJA SEMPRE RENOVADA. UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

Elizabeth disse...

Oi Querida Amiga,
Acho que a Marcela está trabalhando muito na outra dimensão e está muito bem e feliz, pois tem uma mãe maravilhosa.
Beijo, muita paz.

Elayne disse...

Oi minha linda,

Muita luz para você e sua Marcela!

Beijos

Eliana Pessoa disse...

MARIA JOSÉ,
QUE TEXTO MARAVILHOSO ME EMOCIONEI COM TANTO AMOR!
SERENIDADE É TUDO QUE VEJO EM VC NESTE MOMENTO!
DEUS ABENÇOE VC SEMPRE!!!
BJIM

Rejane-Enajer disse...

Amiga,meu carinho!

Rosani disse...

Querida Amiga!

Não sei me expressar em palavras que estou sentindo com seu texto, por isso vou coloca um poema do meu amigo Paulo Moreira, onde através dele vejo a partida de alguém que amamos tanto.


Não esqueça nunca que os jardins apenas se renovam e que as flores precisam iluminar novos jardins. Talvez por isso, parece-nos que houveram seguidas perdas.

Na verdade, se em nosso coração fez-se inverno aqui - em algum lugar está chegando a primavera. Em tempos de frio é necessário que os corações se abracem para suportá-lo e para que se tenha a alegria de saber que a primavera vai e vem numa sequência sem fim. Assim será para que, em todos os lugares do universo, possam haver flores. Ciclos que podem nos fugir ao entendimento, por ora.
Um dia, certamente, compreenderemos a necessidade de todas as estações para que se faça a eternidade dos planos.

texto: Paulo Moreira


beijos, que o amor de Deus lhe te fortaleca sempre, menina querida

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Maria José Querida, mais uma vez sua alma enternece a minha. "O amor nos possibilitou enxergar lugares do nosso coração, os quais sozinhas, jamais poderíamos enxergar". Paz Profunda! Beijo Afetuoso.

Janetinha disse...

Amiga,
O amor é eterno e o amor de mãe é o maior e mais puro amor que existe. Que sua filha desfrute das alegrias dos espíritos bons. Bjos.

S.Menezes disse...

O amor entre vocês é divino. Sempre me emociono com suas declarações. Hoje, em especial, choro por duas razões: pelo seu lindo texto e também pela felicidade de ter recebido uma mensagem de meu irmão (no outro plano há 5 anos),onde dizia estar muito, mas muito feliz e trabalhando em prol de outros necessitados. Um grande beijo para você e outro cheio de luz para sua amada Marcela.

Tais Luso disse...

Oi, Maria José, que homenagem linda!
Linda e cheia de emoção. Do começo ao fim tive a impressão que sua filha está muito presente, sempre ao seu lado...E se você passa isso para os outros, esta segurança de que uma está tão próxima da outra, então não temos como não acreditar numa força superior, que nos faça sentir e entender tão bem certas coisas que acontecem conosco. Pessoas muito espiritualizadas - como você deve ser - têm a capacidade de monitorar seus pensamentos, suas atitudes, sua calma e seu equilíbrio.

Desejo a você muita paz, sempre.
Com carinho
Tais Luso

Myriam disse...

Ahhh Maria José, mãe abnegada e iluminada por Deus! Admiro-a pela grandeza, pela força que é maior ainda e por esse AMOR que é maior que tudo isso! Quando pensas que não vais conseguir vem um anjo e te levanta, e sempre, e sempre; quando imaginas que não terás como seguir em frente, Jesus te dá a mão e a ampara! Não esmoreça Maria José, tua Marcela olha por ti, tua missão é bonita e teu exemplo mais ainda! Tenha fé amiga! Força no coração! Que Jesus te ilumine! beijo!!

Míriam

SolBarreto disse...

Lindo como todos os seus posts, mas este com certeza vem carregado de uma emoçao muito maior, de um carinho tão grande e tão profundo que é quase palpavel...
Essa é a verdadeira expressão de amor!
Esteja certa que ela esta recebendo esse amor e esse carinho que senti aqui de forma maior ainda, orque sente a força, a grandeza da Mãe maravilhosa que ela tem.

Sônia Silvino disse...

******************************
Boa noite!!!
Linda homenagem, Maria José!
Paz, muita paz no teu coração lindo!
Vim deixar-te uma beijoca
e um abraço com saudades!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas, um só coração!
******************************
SIMPLES

Quando tudo na vida
perde um pouco o encanto,
quando os problemas se avolumam
dando vazão ao desânimo,
faça silêncio íntimo e deixe falar
a voz profunda, nosso Deus interno.
Para toda adversidade
sempre haverá uma solução...
Todas as respostas estão dentro de nós
à espera de que as procuremos,
porque tudo nos foi dado pelo Criador
para que vivamos com simplicidade e fé,
alicerçados no bem e no otimismo
que a tudo contagia...
Não precisamos complicar a vida
para vivermos com dignidade e sabiamente...
Pois a vida é demasiadamente simples
para aqueles que carregam o brilho do amor no olhar!

Denise Flor©
******************************************************
Meus blogs te esperam cheios de novidades!

Mariana disse...

Impossível não se emocionar e eu que sou uma manteiga derretida, chorei.
Tenhas certeza q são quatro anos q tu não há vê,mas ela está ao teu lado, e tb lá do alto te iluminando e protegendo e sempre tendo orgulho de ti, desta mãe que encanta.
Esta é uma saudade que eu como mãe jamais quero sentir, pois só em imaginar meu coração aperta.
Desejo muita força para ti, e continue nos presenteando nesta arca com muitos conhecimentos.

*Lisa_B* disse...

Querida amiga,
já sabe o que sinto em relação a estas "vidas separadas" e a dor que imagino se possa sentir que é infinita.
Sei que compreende esse caminho do Universo Celestial e que sua Marcela estará bem...porque Deus trata de seus anjinhos.
Com muito carinho e emoção li e senti cada palavra dentro de mim...fortemente sentido.
Beijinhos e abracinhos

Marliborges disse...

Querida amiga,
As mães não foram feitas para perderem seus filhos e quando isso acontece, dói demais. Conheço essa dor, bem de perto, meu coração também estará partido até o fim dos meus dias. Mas a gente tem que seguir. Tua homenagem é grandiosa e teus pedidos a Deus, certamente já estão sendo atendidos. Um beijo grande.

Jorge disse...

Maria José,

que maravilha o Amor!!!
Mesmo em dimensões diferentes, o coração continua unido. Que afinidade, minha amiga!!!
Se vc teve méritos de tê-la como filha, ela também teve méritos em ser sua filha.

Que o teu coração, Anjo, continue a brilhar para que todos nós nos benefiemos também desta parcela que sai do teu coração em direção à sua Marcela.

Que o Mestre continue a te abençoar!!!

Um beijo!

Cris Tarcia disse...

Maria José, que lindo texto, fiquei emocionada, com certeza sua filha recebeu todo o seu amor, iluminando mais a sua nova vida.

Beijos querida

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Todos temos algumas palavras para lhe dizer, sei que isso é um conforto, mas o alimento está dentro do seu coração lindo, esse AMOR que nunca vai acabar.
Deus te abençõe, com muito carinho BJS.

TRIBUNA-BRASIL.COM (O Indignado) disse...

Maria José, meus parabéns. Qto amor demonstra ter em teu coração, guria. A humanidade seria bem melhor se tivesse 0,0001% deste sentimento. Desta vez, vc acabou de me ganhar por completo. Saiba que tens em mim um amigo para o fim da vida. Continua com este belo trabalho e blog. Um imenso abraço.

Crista disse...

Amada Maria José...
Se eu falar...estrago o que gostaria de te transmitir,então...aceite meu abraço envolvendo-te com carinho e meu beijo recheado de ternura e meu silêncio, onde digo tudo que gostaria que tu soubesses quando te leio!
Quando falares com ela,mande meu beijo,ok?

GENINHA disse...

Maria José, querida amiga brasileira,
Só hoje pude vir ao meu Blog ler algumas actualizações dos Blogs que sou seguidora...

Palavras são insuficientes para dizer o que senti ao ler seu belíssimo texto... assim lhe envio o meu carinho e solidariedade deste lado do oceano e peço a Deus e ao Cristo para iluminar todos os seus caminhos e de sua filha Marcela. Que Deus vos guarde, vos proteja e vos abençoe pela eternidade !

um grande abraço de
sua amiga portuguesa

Cidacanhete@hotmail.com disse...

Q Deus continue iluminando ambas,pois ELE é maravilhoso e sempre nos ampara.Bjs fraternos!!!!!!!!!!!