Páginas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

MARCELA, UM FELIZ NATAL


Marcela, minha filha,
Mais um Natal sem você, sem a sua alegria, sem a sua companhia.
Mais um Natal sem ver seu sorriso branco; sem pegar nas suas mãos; sem acariciar seu rosto; sem lhe fazer um cafuné nos lindos cabelos ruivos...
Mais um Natal sem árvore e presentes, sem guirlandas e botas de papai noel, sem luzes e cores...
De uma hora pra outra, tudo ficou para trás. A sua história foi interrompida. E então, você viajou. Mas sei que está aí!
Quanta saudade de você, filha! Você fez a viagem de retorno à pátria espiritual antes de mim... me precedeu nesta jornada. Pela lei natural da vida os pais devem partir primeiro. Os filhos devem sobreviver aos pais. Mas conosco aconteceu diferente. A ordem natural das coisas foi invertida. E agora, estamos separadas fisicamente.
Quanta saudade de ouvir “Obrigada, mamãe querida!”. “Mãe, eu te amo.”
Quanta saudade da sua vida na minha vida...
Aprendi, durante este tempo, que não se controla a saudade. Ela existe e nós a sentimos.
Aprendi que cada um tem uma saudade na vida. Quem não tem?
Aprendi que isso não é viver do passado. Que o passado é que vive na minha saudade, que está no meu presente.
Não é fácil ficar sem você! Mas sei que estamos ligadas pelo pensamento e pelo amor, e que sempre estaremos nos amparando mutuamente. Este amor que nos une é eterno e não pode ser mudado. Estamos vivas dentro desta vibração de amor.
Não é fácil ficar sem você! Mas sei que voltaremos a ficar juntas quando eu daqui me for.
Não é fácil ficar sem você! Porque tive a melhor filha do mundo.
Existe dor. Existe vazio. Mas o amor é maior. E é este amor que me dá a certeza da continuidade da sua vida. É este amor que me permite deixá-la livre para caminhar, prosseguir, ir adiante sem olhar para trás.
Sei que estará fazendo um lindo Natal ai na sua nova morada. Sei que estará feliz, ao lado de bons e amigos Espíritos. Sei que se lembrará de mim, e ficará feliz por saber que estou lutando, dia a dia, para conseguir passar por esta dura prova. Sei que ficará feliz, por saber que já consigo sorrir, que já consigo viver o presente, sentindo alegria nas pequenas coisas da vida. Sei que estará feliz, por saber que tenho certeza da sobrevivência da alma e da crença absoluta de que a morte não existe.
Fique em paz, filha, tenha um feliz Natal.
Receba o meu beijo, o meu abraço, o meu eterno amor e a minha gratidão por tudo que você representou em minha vida.
Alma gêmea de minhalma,
princesa da minha vida,
ruivinha do meu coração,
meu raio de sol,
meu maior tesouro,
meu eterno amor.
Mamãe

19 comentários:

Kelly disse...

Você me deu uma grande lição!!! Esse será meu primeiro natal sem minha sobrinha, mas também será meu primeiro natal ao lado do filho dela.
que Deus nos fortaleça cada dia mais, para que possamos transmitir as nossas amadas, somente o que de melhor ainda resta em nós. Grande beijo

Lau Milesi disse...

Olá Maria José, tenho certeza que a Marcela está bem junto a outros irmãos que fizeram passagem para a vida eterna, além de estar muito contente em ver a mãe maravilhosa que ela tem.

..." Aprendi, durante este tempo, que não se controla a saudade. Ela existe e nós a sentimos.
Aprendi que cada um tem uma saudade na vida. Quem não tem"?
Verdade pura o que você declara.Eu também tenho a minha saudade.
Um beijo e que DFeus e nossos irmãos maiores a proteja.

Lau Milesi disse...

Errata : desculpe , leia: ...e que Deus e nossos irmãos maiores a proteja.

Mariana disse...

Maria José impossível não se emocionar lendo estas tuas palavras.
Sei q não serve de consolo saber que ela está sim ao teu lado, mas de outra forma.Forma de anjo, pois a tua filha pertence a outra dimensão, a Dimensão Divina.
Eu como mãe não consigo imaginar-me sem o meu filho.
Um forte abraço carinhoso.
Deus te ilumine.

Rejane disse...

Ai Maria José ,a saudade é para sempre, mas nesta época do ano vem multiplicada né?
Querida,que Deus te dê o conforto que você precisa-só ELE!!Você é uma pessoa maravilhosa e Deus está contigo.Um grande abraço com muito carinho.

Elizabeth disse...

Oi amiga,
Que Jesus te ilumine para que voce possa iluminar a muitos.
Um beijo.

PAKI disse...

Muito lindo o que você escreve sobre o relacionamento mãe-filha. Passa-me a sensação de que você acolhe também a filha que você é. E me ajuda também a ser uma mãe melhor. Percebo que você está fluindo na vida e ficando mais linda. Um Natal de paz e 2010 mais feliz que 2009. Beijos minha amiga.

Isabella disse...

Olá, tudo bem?
Passando para lhe desejar um Feliz Natal e um Ano Novo recheado de...
♪Saúde, paz, vitórias e alegrias!!♪
Bjos ;**
Isabella,
www.talkisabella.blogspot.com

Jorge disse...

Maria José,
Amor é eterno. Nada rompe essa relação. O que mais se aproxima de Deus se não o Amor de mãe?
E o que ofereces, minha amiga, recebe de volta na mesma moeda. Questão de sintonia fina!

Grande mãe, Grande filha!!!

Um beijo, de coração,
Jorge

Antonio Carlos disse...

Querida irmã Maria José!
As suas palavras à Marcela demonstram não apenas o quanto você a amava, mas o quanto eram companheiras e amigas, fato não muito comum em nossos dias, onde uma grande parcela dos jovens são rebeldes e afastados do convivio familiar.
Jesus disse: Bem-aventurados os que choram porque serão consolados (Mt.5.3). Sei que a saudades aperta no peito, que o coração transborda afetividade represada como acontece com as mães na hora da amamentação de seus amados bebês, mas o dia e a hora do reencontro se aproxima. Afinal que são alguns anos ante a eternidade?
Que o Senhor continue te consolando e fortalecendo até o grande dia desse reencontro.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos

Antonio Carlos disse...

Querida irmã Maria José!
As suas palavras à Marcela demonstram não apenas o quanto você a ama, mas o quanto eram companheiras e amigas quando estavam juntas nesse mundo físico, fato não muito comum em nossos dias, onde uma grande parcela dos jovens são rebeldes e afastados do convivio familiar.
Jesus disse: Bem-aventurados os que choram porque serão consolados (Mt.5.3). Sei que a saudades aperta no peito, que o coração transborda afetividade represada como acontece com as mães na hora da amamentação de seus amados bebês, mas o dia e a hora do reencontro se aproxima. Afinal que são alguns anos ante a eternidade?
Que o Senhor continue te consolando e fortalecendo até o grande dia desse reencontro.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos

Celina disse...

oi aqmiga desejo-lhes um natal com muita paz no coração. compreendo a sua dor e a respeito, eu tambem perdí um filho. mais vamos agradecer o tempo que eles passaram conosco partilhando da suas alegrias conosco DEUS estará sempre presente nos consolando atraves dos nossos amigos e parentes um dia todos nos reunimos novamente. Um abraço com muito carinho da amiga Celina.

Marcia disse...

Que Jesus te dê em dobro Neste Natal a forca e o consolo que necessitas para suportar essa saudade.
Perder um ente querido significa um dos momentos mais difíceis da existência humana. Respeito a sua dor e saudade. Mas é importante lembrar os bons momentos que você viveu com sua filha querida. Entender que nada acontece por acaso, tudo tem uma finalidade, saber que a caminhada foi importante enquanto vocês estiveram juntas, que a separacao nao é o fim e que existe a possibilidade do reencontro.
Que o Pai nos abencoe sempre nos auxiliando nessa seara transitória.
Jesus esteja com você.

SONIA MENEZES disse...

Maria José, sou muito mole e me emocionei demais com sua declaração de saudade, amor eterno e, sobretudo, sua força interior para continuar nessa caminhada evolutiva.
Tenho aprendido muito com você, lendo seus posts. Veja: você tem um nome lindo!!! Maria José...
Que prova difícil também viveu nossa Mãe Maria e José, o carpinteiro.
Não é para menos que você carrega consigo dois nomes maravilhosos, de tão grande poder espiritual e iluminação.
Um beijo muito carinhoso dessa sua amiga que lhe quer muito bem!

*Lisa_B* disse...

Olá amiga,
entrei prometendo a mim mesma não chorar mas mais uma vez vc me levou à emoção.
Que Deus lhe continue a iluminar e dar toda a força para que supere pois compreender vc já compreendeu.

Faço votos para que seu Natal tenha algum sorriso e a caricia de seu anjo.

Beijinhos com carinho

alegria de viver disse...

Minha querida
Estou certa de que sua filha leu a sua mensagem, está muito feliz com suas palavras de amor pleno.
Um dia ainda teremos essa comunicação.
Para uma mãe de eterna esperança em ser ouvida no astral. Seu apelo foi ouvido e será atendido com muito amor.

Com muito carinho e alegria desejo FELIZ NATAL E PROSPERO ANO NOVO, que DEUS te abençõe BJS.

Celina disse...

OBRIGADO PELO CARINHO. A AMISADE É CLARO QUE ACEITO COM MUITO AMOR. ESTAREI VISITANDO A SUA ARCA DE CONHECIM3ENTO, SEMPRE.DA AMIGA CELINA

victoria disse...

Mi querida M Jose ,ha pasado a saludarte y desearte que pases unos dias conmucho amor en estas fechas dónde nace nuestro niño Dios,pero también amir en cada dia de tú vida..Con todo mi cariño Victoria

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Querida Maria José, deixei um comentário anterior a este. Não sei se entrou. Muito interessante a observação feita pela Sonia Menezes. Esta força da Mãe Maria, você possui e através deste imenso Amor, você é mais um exemplo para todos. Que a Presença do Amor que une tão fortemente você e a Marcela, possa abençoá-las neste momento e em todos os demais. Paz Profunda! Beijo Afetuoso.