Páginas

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

RESSENTIMENTO


SIM,
Você recebeu um tratamento péssimo daquele cliente, daquele namorado, do professor, do seu marido, dos seus pais, dos seus filhos, dos vizinhos, do seu chefe, dos seus colegas, dos amigos, dos críticos, do cachorro...
Você tem toda razão em ter sentido mágoa, tristeza e desapontamento quando isso aconteceu.
Mas sentir tais coisas só tem lógica se for naquele momento.
NUNCA MAIS.
Se você está, ainda hoje, sentindo essa decepção, essa tristeza, essa mágoa com outra pessoa, então você está ressentido, com ela. Veja com atenção o significado da palavra ressentimento:
RE-SENTIMENTO
Sentir novamente; Sentir infinitamente, para alguns.
Qual a razão de usar sua mente para sentir novamente coisas ruins, fragilidades e decepções?
Sentir coisas ruins novamente não tem absolutamente nenhuma função, exceto prender você ao passado e tornar você uma eterna vítima de alguém que nem mesmo está tentando prejudicar mais você.
Ao guardar qualquer ressentimento você está se acorrentando a alguém que lhe fez mal, mesmo que essa pessoa não queira mais isso.
Você está re-sentindo a dor que só existe em sua memória.
A outra pessoa, por pior que tenha sido, não será prejudicada por seu ressentimento.
MAS VOCÊ SERÁ!
Você desperdiçará momentos únicos das suas vinte e quatro horas para pegar o punhal que alguém usou contra você há semanas, meses, anos ou décadas atrás e, acredite ou não, você mesmo estará se apunhalando dia-após-dia, com seu re-sentimento.
Se o caso for tão grave que tenha que ser resolvido em tribunais, deixe advogados cuidando disso e se concentre em sua vida e sua felicidade.
Não caia na armadilha do ressentimento.
Viva o momento que estiver vivendo.
Esqueça as coisas ruins do passado.
Ele não existe mais.
E, se mesmo com toda a lógica do mundo, você ainda estiver "sentindo re-sentimento" e mágoa de alguém, lembre-se do que disse William Shakespeare:
"Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.“

17 comentários:

cantinho she disse...

Oie minha queridaaaaaa! Em primeiro lugar quero agradecer o carinho do elogio à minha fotinho e à minha pessoa...obrigada, minha Linda, são os seus olhinhos! Tb quero te dizer que amei o que vc colocaria dentro de sua moldura, principlamente, a parte de sua filhinha. E que bom que gostou do selinho, fico muito feliz.
Agora quero falar de seu post, eu simplesmente, ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei e me caiu como uma luva. Foi simplesmente sensacional para o momento em que estou vivendo, embora a teoria e a prática, às vezes, morem em mundos muito distantes, a gente já ter essa consciência e se propor a mudar já é um excelente caminho. Amei e vou providenciar, na realidade, já estava providenciando, mas agora terei mais gás.
Obrigada pela ajuda!
Beijoooooooooooooooooooooooo
Sheilinha.

Arcanum disse...

Sabe, amiga, vc tem toda razão. Não é fácil, as vezes, pois as lembranças sempre vem a tona na nossa mente. Creio que isto também possa ser uma questão de DISCIPLINA ESPIRITUAL, e sabermos lidarmos com isso é uma missão bem difícil, mas não impossível de superar.

Temos que estar sempre em guarda e de prontidão para enfrentar nossos demônios mais íntimos, que querem nos fazer ressentir. O jeito é lutar sempre, e vencer.

Beijos amiga

Adolfo Payés disse...

Un gusto sentir lo espiritual de tus post..


Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos...

Pelos caminhos da vida. disse...

Eu sei disso amiga, mas e qdo vc convive 24 hrs com uma pessoa que faz vc sentir esse sentimento todos os dias, o que fazer?

beijooo.

vuelo de hada... disse...

En cada entrada tuya se respira paz, me encanta leerte.
Un abrazo

alegria de viver disse...

Olá querida
Ressentimento, faz a alma ficar triste.
Penso que a unica pessoa a sofrer é você mesmo.
O ressentimento é sentir duas vezes a mesma coisa.
Não vamos perder nosso tempo com um sentimento tão feio.
Com muito carinho BJS.

Antonio Carlos disse...

Querida irmã Maria José!
É comum ouvirmos a frase "perdoar eu até perdôo, mas esquecer,nunca!".
As pessoas que assim se pronunciam, de fato nunca perdoaram ou não compreendem o verdadeiro sentido do perdão. Perdoar é esquecer definitivamente a ofensa ou o dano recebido, é procurar vivenciar o trecho da oração que Jesus nos ensinou quando disse: "...perdoai as nossas dívidas (ofensas), assim como temos perdoado os nossos devedores (ofensores)".
Talvez seja dificil perdoar no sentido literal, porque precisamos nos colocar no lugar de quem pede e não de quem recebe perdão, e aí entram todas as nossas mazelas, as nossas falhas, e que são inerentes a todo ser humano em busca de evolução.
Que Jesus que sempre nos perdoa infinitamente, olhe por nós e nos conceda um coração amoroso e desejoso de perdoar sempre.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos
www.procurandoosperdidos.com

Kelly disse...

Adorei o texto que postou hoje Maria José, coincidentemente é o que está acontecendo comigo. Poxa o que fazer quando você está trabalhando sob pressão igualzinho a todos os funcionários, mas as pessoas acham que pelo fato de vc ocupar um cargo de direção é obrigado a aguentar os desaforos de todos? E ainda tem que aguentar desaforo de chefe? Ai to pedindo que Deus me dê muita paciência, caso contrário não chego ao fim do ano...afff!!!!!

angela disse...

Muito bom o texto, sempre vale lembrar que é melhor deixar pra tras o já vivido.
beijos

Ana Paula Britto disse...

Maria José, tudo bem?
Texto fantástico! Só para variar...
Abraço

Cris Tarcia disse...

Ola!

Tem pessoas que tem o prazer em nos colocar para baixo, diminuir a nossa energia, temos de ter uma sintonia forte com nosso ser para poder superar esta situação, depois que aprendi a meditar e fiz o curso de reiki melhorou muito, mas estou sempre me observando, os altos e baixos rsrsrs

Lindo texto,

Um abraço

Mãos em prece

Graça Tristão disse...

AMIGA... TENHO UM "SELINHO DO AFETO" PARA VOCÊ COM INDICAÇÃO NO "BLOG CADERNO ARTEIRO" ESPERO QUE GOSTE...QUANDO PUDER PASSA LÁ PEGAR!
UMA LINDA NOITE PRÁ VOCÊ...
BJ
GRAÇA

Jorge disse...

Maria José,

É um texto para se refletir profundamente.

Li, em algum lugar, que dizia que a pessoa que se magoa não é uma pessoa sensível. É, sim, reativa, pois reage a uma situação. Considera como pessoa impulsiva, que, simplesmente reage. Já uma pessoa sensível, é alguém que sente a pessoa que o magoou, o compreende e assim não se magoa porque sabe que não vale a pena.

Um beijo, minha amiga iluminada!!

Jorge

REGINA GOULART SANTOS disse...

Muito propício seu texto, minha querida Maria José.
Entendo que os ressentimentos serão melhor desintegrados, ou tirados de foco, através do tempo, que é capaz de curar muitas dores da alma, além de uma dose muito grande de autoconhecimento.
Cada um reage de uma forma, eis que cada um possui uma maneira peculiar de agir e pensar.
Temos de estar sempre bem fortalecidos para todos os revezes da vida, incluindo as decepções e vissicitudes, mas tudo é superável, porquanto se queira realmente superar, o que não é uma tarefa assim tão fácil, mas, possível.
Não gosto de utilizar esta palavra, mas, a melhor de todas as vinganças,ou justiça, para os que já foram mortalmente ofendidos, é simplesmente ignorar o fato gerador, sob as bençãos e proteção de Deus, o que não se confunde com inércia.
Há de se seguir em frente, e em troca, desejar muita saúde aos ofensores, para que eles possam assistir de pé, todas as vitórias dos bem-aventurados re-sentidos, pois sabemos que sentimentos nobres como amor,felicidade, amizade e paz, incomodam deveras esses espíritos que se encontram nas trevas, ou de pouca luminosidade evolutiva.

Muitos beijos

Unknown man disse...

Maria José,

Re-sentir, acredito, significa que ainda não aprendemos. Mostra-nos que somos ainda dominados por esta energia negativa.

Um forte abraço,
Uman

Rener Brito disse...

O interessante em uma magoa é que único que pode te magoa é você mesmo, sendo assim você único culpado da magoa que você diz ser do outro.
Só eu tenho o poder de determinar como uma atitude ou palavra será recebida em meu coração, se como ofensa que provoca magoa ou não.
Posso entender que o homem só pode dar aquilo que ele tem, e que suas atitudes e palavras ofensivas, fazem parte da vida miserável que ele tem.

Anônimo disse...

Faço das palavras do Jorge minhas palavras!!! Devemos,perdoar sempre e guardar ressentimentos jamais!! Quem nos ama de verdade...nunca se magoa e procura compreender o que se passa para nos auxiliar de alguma forma!!!Um gde abço.